Acne

Dermatologia
Acne

Talvez uma das doenças mais comuns, a acne é caracterizada pelo aparecimento de cravos e espinhas principalmente na região do rosto, onde é mais frequente.

A acne ocorre quando as glândulas secretoras de óleo (glândulas sebáceas) tornam-se inflamadas ou infectadas, provocando cravos, espinhas, cistos, caroços e cicatrizes.

Ela aparece na puberdade induzida pela produção de hormônios femininos (estrógenos) e masculinos (andrógenos).

Desenvolve-se em pessoas com tendência hereditária; isto significa que um jovem, cujo pai e mãe tiveram acne, tem maior chance de apresentá-la. A acne pode ter graus variados, com maior ou menor inflamação. Ela sempre é mais grave quando apresenta cistos, caroços e lesões.

Algumas espinhas podem ser dolorosas e, em casos graves, cistos (elevações cheias de líquido), podem desenvolver-se sob a pele.

Quais os tipos de acne?

Acne Grau I: apenas cravos, sem lesões inflamatórias (espinhas).
Acne Grau II: cravos e espinhas pequenas, com pequenas lesões inflamadas e pontos amarelos de pus (pústulas).
Acne Grau III: cravos, espinhas pequenas e lesões maiores, mais profundas, dolorosas, avermelhadas e bem inflamadas (cistos).
Acne Grau IV: cravos, espinhas pequenas e grandes lesões císticas, múltiplos abscessos interconectados e cicatrizes irregulares resultando em deformidade da área afetada (acne conglobata).

O tratamento tem como objetivos manter a sujeira e o óleo fora dos poros, reduzindo assim a inflamação e será indicado por um médico dermatologista, que avaliará o grau de sua acne e prescreverá os medicamentos mais indicados, que poderão ser de uso local ou também medicamentos via oral, dependendo da intensidade do quadro.

Compartilhe